TEDMED

Asma Grave: Qual a perspectiva de tratamento?

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Ensaios clínicos demostraram que o medicamento para eczema dupilumabe (anticorpo contra o receptor da IL-4) é mais seguro e mais eficaz do que as terapias atuais para o tratamento da asma persistente grave. Ambas doenças podem estar sobrepostas e possuem origem alérgica-imunológica, com influência hereditária, e acomentem cada uma mais de 10 milhões de pessoas no Brasil.

 Dois estudos foram publicados no New England Journal of Medicine. O primeiro estudo incluiu 1.902 participantes com asma moderada a grave, os quais exigiram três tipos diferentes de inalador para controlar seus sintomas. Durante 1 ano, eles foram divididos aleatoriamente em um dos dois grupos: um que recebeu dupilumabe e outro que recebeu um placebo. O grupo que recebeu o medicamento foi dividido em um dos que receberam uma dose maior ou um que recebeu uma dose menor. Os que tomaram dupilumabe tiveram menos sintomas, melhoraram desempenho no teste de função pulmonar e tiveram menor número de descompensações. O segundo estudo examinou 210 participantes que tinham asma grave, todos utilizando inaladores para controlar a doença e também corticóides esteróides orais. Foram aleatoriamente designados para receber dupilumabe como droga adicional ou placebo por 24 semanas. Até 50 por cento dos pacientes que receberam dupilumabe foram completamente descontinuados dos esteróides e 80 por cento dos pacientes reduziram sua dose de esteróides pela metade. Outros estudos se seguiram demonstrando os benefícios do medicamento. O dupilumabe surge como droga promissora para integrar os protocolos do tratamento da asma grave e além de melhorar os parâmetros clínicos e funcionais respiratórios, demonstra capacidade em reduzir complicações relacionadas ao uso contínuo de corticóides.

Um forte abraço e até lá!

Prof Dr Guilherme Almeida Rosa da Silva

@drguialmeida

Conheça nossos cursos em www.tedmed.com.br 

Siga-nos nas redes sociais: Facebook e Instagram

Fonte: Wenzel, Sally E., Lin Wang, and Gianluca Pirozzi. “Dupilumab in persistent asthma.” The New England journal of medicine369.13 (2013): 1276.Vatrella, Alessandro, et al. “Dupilumab: a novel treatment for asthma.” Journal of asthma and allergy 7 (2014): 123.Wenzel, Sally, et al. “Dupilumab efficacy and safety in adults with uncontrolled persistent asthma despite use of medium-to-high-dose inhaled corticosteroids plus a long-acting β2 agonist: a randomised double-blind placebo-controlled pivotal phase 2b dose-ranging trial.” The Lancet 388.10039 (2016): 31-44.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

0 responses on "Asma Grave: Qual a perspectiva de tratamento?"

Deixe sua mensagem

A TedMed

A TedMed foi criada no ano de 2015 com o intuito de empreender e desenvolver ferramentas vinculadas a tecnologia em Medicina. Oferecemos a nossos alunos uma gama de cursos on-line. Venha fazer parte de nossa turma.