TEDMED

Qual o segredo da longevidade dos japoneses?

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

MOTS-c: Em busca do segredo dos Japoneses Centenários

No ano de 2050 é esperado que o número de idosos (>60 anos) triplique, sendo que o número de pessoas “oldest old” (>85 anos) deve aumentar consideravelmente. Entretanto, grupos de pesquisa formados por médicos japoneses e espanhóis tentam desvendar os segredos por trás da genética dos centenários (>100 anos) e supercentenários (>110 anos).

Já é conhecido que o Japão, acima dos outros países, é um país com grande número de centenários, sendo um modelo para estudo da Genética influenciada e influenciando a nutrição e metabolismo para longevidade. Outros fatores como a alimentação, hábitos de vida e ambiente também são importantes, mas não são do escopo deste texto.

Nesta busca, foi descoberto que as mitocôndrias são capazes de produzir um hormônio de 16 aminoácidos chamado de MOTS-c liberado sobretudo durante o exercício físico. O tratamento com MOTS-c em roedores em dieta hiperlipídica demonstrou que o hormônio possui ação principalmente na musculatura esquelética aumentando a sensibilidade à insulina e protegendo contra a obesidade.

Pesquisadores chilenos, nos últimos anos, publicaram que os níveis séricos de MOTS-C em humanos é capaz de influenciar positivamente a sensibilidade a insulina em indivíduos não-obesos. Chineses detectaram que os níveis séricos desse hormônio mitocondrial é menor em adolescentes e adultos obesos e está associado à resistência insulínica. A influência dos níveis séricos do hormônio e a presença de esteatose hepática já foi estudada.

Os japoneses e pessoas do Nordeste Asiático possuem uma sequência genética de MOTS-c específica chamada de polimorfismo m.1382A>C em que há uma mudança do aminoácido lisina por glutamina na posição 14. Como a herança do DNA mitocondrial é 100% materna, esta característica é bem preservada nessa população.

Polimorfismos de MOTS-c nos japoneses podem afetar a fisiopatogênese da síndrome metabólica, da formação de placas de ateroma, no desenvolvimento de células cancerosas e doenças degenerativas contribuindo, além de fatores ambientais (estresse, nutrição, acesso a atendimento médico, etc…) para o grande número de centenários.

Os exames de sequenciamento genético já são disponíveis para tratamentos personalizados e, em poucos anos, é esperado que este tipo de teste se torne mais barato e acessível, tornando a Genética Médica uma especialidade em expansão.

Um forte abraço e até lá!

Venha conhecer nossos cursos em www.tedmed.com.br

Prof. Dr. Guilherme Almeida Rosa da Silva – Instagram: @drguialmeida

Siga-nos nas redes sociais: Facebook e Instagram

Fontes:

  1. Lee, Changhan, et al. “The mitochondrial-derived peptide MOTS-c promotes metabolic homeostasis and reduces obesity and insulin resistance.” Cell metabolism 21.3 (2015): 443-454.
  2. Zarse, Kim, and Michael Ristow. “A mitochondrially encoded hormone ameliorates obesity and insulin resistance.” Cell metabolism 21.3 (2015): 355-356.
    Fuku, Noriyuki, et al. “The mitochondrial‐derived peptide MOTS‐c: a player in exceptional longevity?.” Aging cell 14.6 (2015): 921-923.
  3. Cataldo, Luis Rodrigo, et al. “Plasma MOTS-c levels are associated with insulin sensitivity in lean but not in obese individuals.” Journal of Investigative Medicine(2018): jim-2017.
  4. Du, Caiqi, et al. “Circulating MOTS‐c levels are decreased in obese male children and adolescents and associated with insulin resistance.” Pediatric diabetes(2018).
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

0 responses on "Qual o segredo da longevidade dos japoneses?"

Deixe sua mensagem

A TedMed

A TedMed foi criada no ano de 2015 com o intuito de empreender e desenvolver ferramentas vinculadas a tecnologia em Medicina. Oferecemos a nossos alunos uma gama de cursos on-line. Venha fazer parte de nossa turma.