TEDMED

Que doença é esta que assusta a Austrália?

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Surto na Austrália de doença ulcerosa infecciosa por agente freqüente, mas pouco conhecido pelos médicos!

Uma investigação epidemiológica foi iniciada na região de Victoria na Austrália devido a um surto de doença ulcerosa cutânea provocada por Mycobacterium ulcerans (Úlcera de Buruli), que registrou 275 novas ocorrências no ano passado (2017), o que representa um aumento de 51% em relação a 2016. A doença também pareceu se alastrar para novas áreas. O quadro já é observado em regiões como Ásia (Japão), África e América do Sul. Cerca de 5000-6000 casos são reportados anualmente em torno de 30 países do mundo principalmente em climas tropicais e subtropicais.

Quanto aos dados epidemiológicos, a doença parece ocorrer em indivíduos que habitam áreas próximas a leitos de reservatórios de água, como rios de fluxo lento, lagoas, pântanos e lagos; alguns casos descritos ocorreram após inundações. Parecem ainda predominar em homens, talvez por serem mais exploradores e expostos no ambiente. Pesquisadores encontraram o agente infeccioso nas fezes do Possum, um marsupial típico da região australiana.

A úlcera de Buruli é a terceira micobacteriose mais freqüente no mundo, depois da tuberculose e hanseníase. A doença é transmitida por meios desconhecidos, mas especula-se sua relação com o ambiente aquático. Quanto ao mecanismo de virulência, o M. ulcerans produz micolactona, uma toxina imunomoduladora que causa necrose tecidual e leva a destruição da pele e dos tecidos moles, com a formação de grandes úlceras que geralmente acometem braços e pernas. Há disseminação por contigüidade e destruição dos tecidos que incluem a M. ulcerans no grupo das “bactérias comedoras de carne”. Podem ocorrer quadros arrastados, mas o período de incubação da doença parece ser de 2-3 meses. Existem dois estágios: estágio pré-ulcerativo (nodular, indolor, móvel, menor que 5 cm de diâmetro ou papular, geralmente com 1 cm de diâmetro; eritema na pele adjacente, edema da pele ao redor, bordas mal delimitadas e ponto central de necrose) e o estágio ulcerativo (geralmente indolores, com bordas delimitadas e lesão amarelo esbranquiçadas no centro, que aumentam diâmetro, podem atingir estruturas ósseas, podendo progredir para doença disseminada. Pode ser apresentada também como uma grande área de edema difuso, induração marcada em braços e pernas).

O diagnóstico é realizado por coloração de Ziehl-Neelsen, cultura com crescimento de M. ulcerans, PCR e histopatológico. O tratamento é realizado com rifampicina + estreptomicina + amicacina por pelo menos 8 semanas. A doença geralmente não leva a morte, mas o atraso no diagnóstico e o atraso na instituição do tratamento correto leva a doença deformante e, às vezes, necessidade de debridamentos e procedimentos cirúrgicos ortopédicos complexos e que geram seqüelas.

Conheça nossos cursos em www.tedmed.com.br

Um forte abraço e até lá!

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

0 responses on "Que doença é esta que assusta a Austrália?"

Deixe sua mensagem

A TedMed

A TedMed foi criada no ano de 2015 com o intuito de empreender e desenvolver ferramentas vinculadas a tecnologia em Medicina. Oferecemos a nossos alunos uma gama de cursos on-line. Venha fazer parte de nossa turma.